Notícias

18 de Agosto: Dia do Estagiário

A data celebra um dos mecanismos mais importantes para o ingresso de jovens no mercado de trabalho

No dia 18 de agosto comemora-se o Dia do Estagiário. Atualmente este é um dos mecanismos mais importantes que convergem qualificação, formação e crescimento dos jovens estudantes. Trata-se de uma ferramenta fundamental na preparação de mão de obra inovadora, talentosa e com novas expectativas em relação à construção de um mundo melhor.

A escolha da data tem relação com a publicação da lei nº 11.788/08 que passou a regular a contratação de estagiários em todo o território nacional, trazendo novas regras como, por exemplo, o pagamento compulsório da bolsa-auxílio e do auxílio-transporte para os estágios não-obrigatórios, a definição de uma carga horária máxima de seis horas por dia e de trinta horas semanais, recesso remunerado para os estagiários, bem como a possibilidade da contratação por intermédio dos agentes de integração.

Além das mudanças citadas anteriormente, a nova lei acrescentou às instituições de ensino a responsabilidade de acompanhar a realização de todos os programas de estágio, sejam eles obrigatórios – aqueles previstos na matriz curricular do curso e que exigem o cumprimento de formalidades e carga horária específica – ou não-obrigatórios – modalidade em que o estudante realiza a atividade prática com a expectativa de vivenciar na prática o que aprendeu em teoria na sala de aula.

De acordo com Ualisson Perez, supervisor de Atendimento do CIEE/MG, foi uma época muito difícil e que exigiu resiliência das partes envolvidas. “Logo após a promulgação da lei, muitas empresas deixaram de contratar estagiários, imaginando que seria mais burocrático e arriscado. Logo, os empresários perceberam que a lei veio para resguardar os direitos tanto das contratantes quanto dos contratados, colocando as escolas na adequada condição de interveniente de todo o processo, uma vez que a própria lei define que o estágio é ato educativo”, ressaltou.

Divulgação – CIEE/MG

Ualisson Perez: A Lei 11.788/08 veio para resguardar os direitos tanto das contratantes quanto dos contratados, colocando as escolas na adequada condição de interveniente de todo o processo, uma vez que a própria lei define que o estágio é ato educativo”

Atualmente, o Centro de Integração Empresa-Escola de Minas Gerais (CIEE/MG), agente de integração atuante em território mineiro a mais de quatro décadas, beneficia mais de 10.000 estudantes com oportunidades de estágio nos níveis médio, técnico e da educação superior.

“Ao longo dos 42 anos de atuação do CIEE/MG, a instituição já beneficiou quase meio milhão de jovens com o reconhecimento dos poderes executivo e legislativo do nosso estado, bem como diversas entidades de classes, instituições de ensino e empresas privadas”, acrescentou Ualisson.

Durante a pandemia, as empresas deixaram de contratar todo o tipo de mão de obra e os jovens foram os que mais sentiram o impacto da estagnação do mercado de trabalho. Entretanto, o CIEE/MG continuou operando e disponibilizando oportunidades para os estudantes mineiros e muitos experimentaram, além da modalidade presencial, o modelo remoto do estágio. Ramon Santos, estudante do curso de publicidade, foi um dos jovens que vivenciou essa experiência como estagiário na área de comunicação do CIEE/MG. 

“Vim de Itabira para Belo Horizonte com a expectativa de interagir com meus colegas na sala de aula e aprender com os professores no modelo de ensino presencial. Infelizmente, a pandemia prejudicou parte deste meu momento acadêmico. No ano passado, surgiu a oportunidade de estagiar no CIEE/MG, mas a instituição estava atuando de forma remota com todos os colaboradores em Home Office. Para mim, foi um desafio o treinamento à distância e consegui vencê-lo com o apoio do meu supervisor e do restante da equipe. No mesmo ano fui efetivado e sinto que ainda há muito o que fazer para que outros tenham maiores chances de ingresso no mercado de trabalho”, destacou Ramon.

Divulgação – CIEE/MG

Ramon Santos: “Sinto que ainda há muito o que fazer para que outros tenham maiores chances de ingresso no mercado de trabalho”.

Demandas e Competências – Levando em consideração as referências históricas, as áreas que mais demandam de estagiários são Tecnologia, Engenharias, Saúde e os cursos de gestão, como Administração, Ciências Contábeis e Economia. Outras áreas ganham força no mercado de trabalho como a Comunicação Social com o foco nas mídias digitais, a Pedagogia e a Psicologia.

Em relação às competências e habilidades as empresas estão atentas às questões comportamentais, valorizando a atitude e a vontade de contribuir com a organização contratante. Durante o estágio, o estudante precisa compreender que deve aproveitar cada momento para adquirir conhecimento, confiança e trocar impressões e experiências. Portanto, deve entregar as suas qualidades com fôlego total visando ser recompensado com um retorno que está muito além da remuneração pela bolsa-auxílio.

Desafios da seleção – Um candidato à estágio deve pesquisar qual área lhe traz mais afinidade e de que forma deverá se preparar para buscar mais conhecimento e experiência para obter sucesso na carreira. Muitos são os estudantes que descobrem a frustração com a profissão ao vivenciá-la na prática. Já outros, tem através do estágio a confirmação daquilo que almejam profissionalmente.

Na busca por uma vaga, o candidato deve procurar uma oportunidade por meio da qual possa aprender e testar suas habilidades, em que possa errar e aprender com os erros, sendo orientado a corrigi-los e fazer cada vez melhor. Para tanto, deve pesquisar o que for possível sobre a empresa contratante e perguntar o que não estiver compreendendo durante a entrevista.

Se for contratado, o estagiário deve mostrar comprometimento e dedicação. É a ocasião adequada para mostrar todo o potencial e, com a superação de cada etapa surgem novos desafios e possibilidades de crescimento. Neste sentido, cultivar uma boa relação com a equipe e com o supervisor do estágio é fundamental. Dar feedback ao supervisor sobre como está sendo o estágio é importante para que este saiba o que foi e o que deve ainda ser aprendido, se tal conhecimento deve ou não ser aplicado de uma certa maneira.

Notícias relacionadas

Alunos do Campus São Gabriel recebem informações sobre cadastro e vagas de estágio. Nos últimos dias 27 e 28, equipe de colaboradores do CIEE …

Leia mais